+55 (71) 3014-6466 [email protected]

Análise de Vulnerabilidade/Risco Individual e Social

A análise de vulnerabilidade fará a avaliação dos efeitos de dispersão dos produtos tóxicos e inflamáveis. Os produtos tóxicos têm a Disciplina Operacionalcapacidade de causar sérios efeitos agudos à saúde das pessoas, devido ao baixo nível de tolerância que os seres humanos possuem quando em contato com os seus vapores. Os produtos inflamáveis quando entram ignição causam também efeitos agudos danosos às pessoas por causa da alta radiação térmica ou por conta do deslocamento de ar em decorrência da pressão formada quando há uma explosão. Já ocorreram vários acidentes originados desses produtos. Exemplos recentes e que causaram repercussão mundial foram as explosões da refinaria da BP na cidade do Texas e a do poço de Macondo no Golfo do México. O acidente de Bhopal, na Índia, ocorrido em 1984, foi o mais grave do mundo em relação à exposição a produtos tóxicos onde morreram mais de 2500 pessoas.

A determinação do risco individual e social terá a capacidade de comprovar se a empresa está com os seus riscos aceitos por meio das curvas de isorisco e F-N. Essas análises são regulamentadas por normas nacionais e internacionais. Exemplos de normas nacionais são as de São Paulo e Bahia com as normas P4.261 – Risco de Acidente de Origem Tecnológica – Método para decisão e termos de referência (CETESB) e a RESOLUÇÃO CEPRAM Nº 4.578 DE 29 DE SETEMBRO DE 2017 no Estado da Bahia respectivamente. A metodologia de análise quantitativa será realizada conforme Guidelines for Chemical Process Quantitative Risk Analysis  e Guidelines Developing Quantitative Safety Risk Criteria ambos do Center for Chemical Process Safety e suportada por software de vulnerabilidade reconhecido mundialmente.

A ECS Consultorias está capacitada para fazer tanto análise qualitativa como quantitativa. As análises serão feitas por profissionais com larga experiência no ramo industrial.